Noticianahora.com.br

Como uma borboleta – Por: Priscilla Gusman

31/01/2017 - [11h:30m] - Artigos      Diminuir Aumentar

Tenho notado, através dos anos, pela minha própria experiência, o quanto somos mutáveis, nos metamorfoseando a cada ciclo.

A lagarta passa por um longo trajeto até alcançar o topo da copa das arvores, onde tece seu casulo e, no tempo certo, se transforma em uma bela borboleta.

Este processo acontece conosco também, preparamos nosso jardim, pois as borboletas sempre voltam.

A necessidade do autoconhecimento é consistente aos que buscam a autonomia emocional, a percepção e a empatia nas relações atuais.

Relacionamentos vazios de compaixão pelo outro, situações de falta de dignidade, boicotes emocionais, entre outros aspectos da personalidade de todo ser humano, em caminha para a ruína, começando pela parte interna de todo ser, a alma.

Os erros são nossos mestres e a tendência é de que, se a gente não se conhece o suficiente, colocamos a culpa no outro pelo fracasso em todas as nossas relações sociais ou de ordem pessoal.

Ambos são responsáveis, nesta construção, permitindo a confiança e o respeito, mediante afinidades.

As dissociações são pautadas nessa falta de afinidade, já que no mundo material, os opostos se atraem, no contexto magnetismo entre o imã, por exemplo.

Entre as pessoas, a sintonia funciona de que os afins se atraem, quer sejam pela energia similar, pensamentos, sentimentos, etc.

Ninguém muda ninguém, as pessoas podem expressar o que vibra em seu interior e, fico triste quando pensam que enganam, já que o que é nítido, a gente pesca pelos ouvidos e as aparências enganam.

Não faço aqui apologia alguma a relações fraudadas, de conveniências, ainda acredito na grande possibilidade desta metamorfose na vida das pessoas, porem, a mudança de hábitos e atitudes, levam o ser ao êxito nas suas realizações.

Quero voar como borboleta livre, movimentando minhas asas coloridas, nas nuances dos raios solares, reluzentes, para que o meu brilho não apague o seu, e sim,possa. voce mesmo (a) descobrir que também pode alçar vôos plenos e sadios de amor e luz!

Pense nisso!

 

Namasthe!

Priscilla Gusman

Fonte: Priscilla Gusman

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.