Noticianahora.com.br

Depois de dez anos, Ação da Cidadania deve voltar com campanha Natal Sem Fome

12/08/2017 - [07h:25m] - Cidadania      Diminuir Aumentar

A organização não governamental Ação da Cidadania planeja voltar a fazer, este ano, pela primeira vez em dez anos, a campanha Natal Sem Fome, devido à
crise econômica que atinge o país. A ação, que arrecada e distribui alimentos para famílias pobres em 18 estados, foi realizada de 1993 a 2006.

Segundo o presidente do conselho da ONG, Daniel Souza, a campanha deixou de ser realizada há dez anos devido à avaliação da organização de que o governo
vinha combatendo a fome e que, por isso, a ação não era mais necessária.

“O que a gente está percebendo agora, com essa crise que a gente está vivendo, que o Brasil está voltando para o Mapa da Fome [da FAO, a Organização das
Nações Unidas para Agricultura e Alimentação]. Então, a gente que há dez anos não arrecada alimentos, está olhando com grande tristeza para a perspectiva
de ter que relançar o Natal Sem Fome”, disse Souza.

A Ação da Cidadania faz hoje (12) um evento para relembrar seu fundador, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, que morreu há 20 anos. Além de promover
oficinas e shows, a ONG está arrecadando hoje alimentos para famílias cadastradas e para servidores públicos estaduais do Rio de Janeiro, que estão com
seus salários atrasados.
 

Fonte: Agência Brasil

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.