Noticianahora.com.br

Gurgacz deflagra ‘guerra’ a eventuais adversários ao Governo de Rondônia em 2018

20/04/2017 - [22h:46m] - Política      Diminuir Aumentar

GUERRA AOS ADVERSÁRIOS

O senador Acir Gurgacz  partiu para o ataque, mesmo um ano e meio antes da eleição de 2018. Candidatíssimo ao Governo, ele abre fogo contra possíveis adversários, como os senadores Ivo Cassol e Valdir Raupp, citados na Operação Lava Jato. Recentemente seu jornal, o Diário da Amazônia, também atacou o presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho, que é hoje um dos nomes mais fortes ao Governo. Acir não está para brincadeira. Está mirando em qualquer obstáculo que possa ser colocado em seu caminho, quando começa a se preparar para enfrentar o 2018. Só o futuro dirá se é correta a tática de atacar desde agora, inclusive podendo fechar portas para futuras alianças ou se o ideal era esperar um pouco mais, até que o quadro todo se defina. É sempre bom lembrar que tanto Raupp quanto Cassol foram citados e serão investigados. Absolutamente nada mais que isso. Espera-se agora para ver os próximos passos dessa guerra política que começa a ocorrer em Rondônia. Por enquanto, Acir parece estar com vantagem. Se a manterá até o final, só o futuro é quem vai dizer.

Fonte: Tadeu Itajubá

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

ACESSIBILIDADE: Rondônia FM Cidadania

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.