Noticianahora.com.br

Hulkenberg elogia teste de Kubica em Hungaroring:

08/08/2017 - [20h:11m] - Esportes      Diminuir Aumentar

Robert Kubica testou o carro atual da Renault na última semana em Budapeste, anotando 142 voltas no circuito húngaro, com a melhor delas em 1m18s572, o quarto melhor tempo do dia. O polonês guiou o modelo da temporada de 2017 após ter feito duas sessões, em Valência e Paul Ricard, com o bólido de 2012 da Lotus, depois de seis anos sem acelerar um carro da categoria. Especulado como possível substituto de Jolyon Palmer na equipe francesa no ano que vem, Kubica ganhou elogios do atual companheiro de equipe do inglês, o alemão Nico Hulkenberg.

- Eu tive algumas informações e obviamente vi os tempos de volta. Acho que para ele pessoalmente (foi) obviamente um ótimo retorno. Após o grave acidente e as lesões, ele voltar e dirigir um carro de Fórmula 1 moderno, e fazer 140 voltas assim, é bastante impressionante. Especialmente em uma pista como Budapeste, que é muito física. Então, o respeito por isso. E acho que o desempenho pareceu bom - disse em entrevista ao site "Autosport".

 
Robert Kubica em teste pela Renault, em Hungaroring (Foto: Reprodução)Robert Kubica em teste pela Renault, em Hungaroring (Foto: Reprodução)

Robert Kubica em teste pela Renault, em Hungaroring (Foto: Reprodução)

A Renault já garantiu a presença de Palmer como piloto da escuderia na etapa de Spa-Francorchamps no final de agosto, logo após as férias de verão da Fórmula 1. Entretanto, especula-se que o inglês terá que ceder o carro para Kubica em pelo menos uma das sessões de treinos livres, se não na Bélgica, em Monza uma semana depois. Perguntado sobre o futuro de seu companheiro de equipe, Hulkenberg se esquivou.

- Não tenho certeza do que vai acontecer, o que a Renault quer fazer, mas o teste foi bom, penso eu.

Campeão da F-Renault 3.5 em 2005, Kubica estreou na Fórmula 1 no ano seguinte pele equipe BMW-Sauber. Sua breve passagem na categoria máxima do automobilismo ficou marcada por um acidente impressionante no GP do Canadá de 2007, e pela vitória na temporada seguinte, nesta mesma pista. Contratado pela Renault em 2010, o polonês chegou a ser especulado na Ferrari, mas o acidente em uma prova de rali no começo de 2011 paralisou sua carreira. Ele teve uma grave lesão no antebraço direito, e foi obrigado abandonar os monopostos.

 

 

Fonte: GLobo.com

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.