Noticianahora.com.br

Kubica dá 100 voltas com Williams de 2017 e se diz na "melhor forma da carreira"

28/11/2017 - [19h:42m] - Esportes      Diminuir Aumentar

Na manhã desta terça-feira em Abu Dhabi - madrugada no Brasil - o polonês Robert Kubica deu mais um passo rumo à confirmação de sua volta ao campeonato da Fórmula 1. Testando pela equipe Williams, o vencedor do GP do Canadá de 2008 deu 100 voltas, a melhor delas em 1m41s296 (com pneus macios), nono melhor tempo do dia. Ele fez pequenos e longos stints, variando de seis a 13 voltas. Estiveram presentes no teste o diretor técnico da equipe britânica, Paddy Lowe, e Nico Rosberg, empresário do piloto.

Segundo informações veiculadas pelos blogs Voando Baixo e Sinal Verde, Kubica terá um volante adaptado no carro. Com a mão direita comprometida, fruto do acidente que sofreu no rali em 2011, os comandos foram ajustados para o lado esquerdo, inclusive o acionamento da embreagem e do câmbio. A mesma alavanca será usada para subir e descer marchas: ao puxar, elas sobem, e ao empurrar, reduzem. Apesar das adaptações, Robert disse que não está guiando com uma só mão.

- Há quem diga que eu estou pilotando com uma só mão. Não estou pilotando com uma só mão. Acho que é impossível guiar um carro de Fórmula 1 com uma só mão. Mas tenho algumas limitações, então meu corpo, de alguma forma, compensa isso, o que não é errado. Somos seres humanos e nossos cérebros estão acostumados a ajudar nossos corpos a superar qualquer problema. Isso é um dia normal em nossa vida. Isso é algo que acho que já superei.

 
Kubica foi a grande atração do dia em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Twitter)Kubica foi a grande atração do dia em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Twitter)

Kubica foi a grande atração do dia em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Twitter)

Neste ano, o polonês já guiou o carro atual da Renault nos testes coletivos de Hungaroring, mas acabou preterido pelo espanhol Carlos Sainz Jr, que substituiu Jolyon Palmer na equipe francesa a partir do GP dos EUA. Agora, ele tem a chance mais real de confirmar seu retorno à categoria máxima do automobilismo mundial. Com um aporte financeiro de R$ 32 milhões, Kubica é o grande favorito a vaga que era de Felipe Massa, e se considera na melhor forma da carreira.

- Fisicamente, acho que fiz um ótimo trabalho nos últimos seis meses. Não foi fácil. Não é como se eu estivesse deitado na minha cama. Provavelmente, estou fisicamente em minha melhor forma, de longe melhor do que eu estava quando corria em 2010. Então, a motivação existe e meu corpo está reagindo de boa forma. É claro que estou começando praticamente do zero, porque a Fórmula 1 mudou demais nos últimos sete anos. Mas a experiência que ganhei ao longo dos anos em que corri na Fórmula 1 me ajudou a superar o processo de aprendizado mais rápido do que já fiz no passado.

 
Polonês fez a melhor volta em 1m41s296 (Foto: Getty Images)Polonês fez a melhor volta em 1m41s296 (Foto: Getty Images)

Polonês fez a melhor volta em 1m41s296 (Foto: Getty Images)

Nesta quarta-feira, o russo Sergey Sirotkin assumirá o carro da Williams no início do segundo dia de treinos em Abu Dhabi. Kubica ainda terá algumas horas ao volante na parte final da sessão.

Resultado do primeiro dia de testes coletivos em Abu Dhabi

 
Terça- feira - Yas Marina - Abu Dhabi (Foto: Reprodução/F1)Terça- feira - Yas Marina - Abu Dhabi (Foto: Reprodução/F1)

Terça- feira - Yas Marina - Abu Dhabi (Foto: Reprodução/F1)

Fonte: globo.com

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.