Noticianahora.com.br

PF investiga fraudes em licitações no transporte escolar no Rio Grande do Sul

21/11/2017 - [11h:27m] - Polícia - Segurança      Diminuir Aumentar

A Polícia Federal e o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) realizam hoje (21) da Operação Laranja Mecânica para desarticular
organização criminosa que fraudava licitações de serviços de transporte escolar em municípios do Rio Grande do Sul.

De acordo com a CGU, as investigações começaram em setembro de 2016 para apurar denúncia da existência de um esquema criminoso entre empresários que tinha
como objetivo fraudar o caráter competitivo de licitações nos municípios de Santana do Livramento e Dom Pedrito.

“Acordos previamente estabelecidos definiam quais as empresas ficariam responsáveis por determinadas 'linhas', de maneira que todas obtivessem contratos
nesses municípios”, diz a corregedoria.

A investigação apurou ainda que empresas, constituídas apenas formalmente, atuavam como “fantasmas”. “Somente em 2016, o valor pago pela prefeitura de
Santana do Livramento à empresa prestadora de transporte escolar ultrapassou o montante de R$ 5 milhões”.

Cerca de 150 policiais federais e seis auditores da CGU cumprem 36 mandados de busca e apreensão, cinco de prisão temporária e quatro ordens judiciais
de afastamento da função pública nas cidades de Santana do Livramento, Dom Pedrito, Rosário do Sul, São Gabriel, Alegrete e Uruguaiana.
 

Fonte: Agência Brasil

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.