Noticianahora.com.br

PRF encontra 2,8 toneladas de maconha em fundo falso de caminhão no Paraná

14/11/2017 - [15h:59m] - Polícia - Segurança      Diminuir Aumentar

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 2,8 toneladas de maconha na BR-163, em Marechal Cândido Rondon, na região oeste do Paraná. A droga estava em um fundo falso de um caminhão destinado ao transporte de frangos. A apreensão de 2,8 toneladas de maconha é a terceira maior feita este ano pela PRF no estado.

Segundo a PRF, a maior foi registrada no município de Toledo, no dia 26 de julho, quando 4,3 toneladas de maconha foram apreendidas. A segunda maior ocorreu em Céu Azul, em 11 de agosto (4 toneladas).

Além da droga, os agentes da PRF encontraram uma metralhadora, 450 munições de diversos calibres e quatro frascos de anabolizantes. A ação ocorreu nessa
segunda-feira (13).

O motorista, que foi preso em flagrante, disse que vinha de Caarapó, em Mato Grosso do Sul, e que entregaria a maconha, a arma, as munições e os anabolizantes
em Sorocaba, no interior de São Paulo.

Ele foi conduzido para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, no Paraná. O motorista deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas, tráfico internacional
de arma de fogo e importação ilegal de medicamentos, segundo a PRF.
 

Fonte: Agência Brasil

Imprimir Página

Enviar comentário

Comentários Facebook

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Jotta Junior prefeito Hildon Chaves

Eventos

  • Abertura da Olímpiada Rio 2016

  • Linha de cosméticos a base de óleos essenciais foi lançada na noite de ontem (1º) em Salvador

  • Ensaio Fotográfico de Renata Borba

  • Reunião do PSC em Porto Velho

  • 1º Encontro Arjore de Comunicação


Este site não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros citados aqui. A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Notícia na Hora. Os direitos de veiculação de artigos aqui publicados pertencem aos seus respectivos autores e nossos colaboradores.
A divulgação é permitida desde que citados os créditos.