Johnny Depp | Ator perde processo contra jornal que o chamou de “espancador de esposas”

Juiz do caso considerou que ator realmente agrediu a ex. Johnny Depp terá que pagar milhões de libras por custos do processo.

Johnny Depp perdeu o processo de difamação que movia contra o tabloide britânico The Sun. Inicialmente, o processo teve base na denúncia do ator contra o News Group Newspapers, por uma matéria que o chamava de “espancador de esposas“. Além do grupo editorial, o documento também acusava Dan Wooton, editor-chefe do jornal. Na matéria em questão, o veículo questionava “Como pode J.K. Rowling estar ‘genuinamente feliz’ ao selecionar o espancador de mulher Johnny Depp no novo ‘Animais Fantásticos’?”

Após dias de testemunhos, o veredito conclui um relatório de mais de 129 páginas. Segundo o mesmo, as alegações do jornal são “substancialmente verdadeiras“, e o ator de agrediu sua ex-esposa, Amber Heard, em 12 das 14 ocorrências relatadas. Quando convocados à testemunho, os advogados da atriz detalharam os 14 casos que ocorreram entre 2013 e 2016. Depp, porém,  negou todos os casos.

Fotos de Amber Head após ser agredoda por Johnny Depp
Fotos apresentadas por Amber Heard em seu processo de divórcio, em 2016.

Os testemunhos de ambos foram amplamente cobertos pela mídia. Em um dos depoimentos, Amber confessou medo de que o esposo a matasse: “Alguns incidentes foram tão graves que fiquei com medo de que ele me matasse, intecionalmente ou apenas por perder o controle e ir longe demais“, disse a atriz. “Ele explicitamente ameaçou me matar muitas vezes, especialmente mais tarde em nosso relacionamento“.

Por fim, o juiz considerou que as alegações de Depp que Amber estava em busca de seu dinheiro infundadas, e que em diversas vezes, depoimentos do próprio ator iam contra isso. Além disso, considerou improvável uma dos relatos de Depp, que acusou Amber de ter defecado em sua cama enquanto viajava: “Enquanto ele esteve fora, era a Sra. Heard que provavelmente sofreria com as fezes na cama, não ele“.

Confira também: Lori Loughlin | Atriz de Full House se apresenta a prisão para cumprir sentença.

Reações das partes

Após o resultado,  a equipe de advogados  que defende Depp insistiu em sua inocência: “A sentença é tão falha que seria ridículo para Depp não apelar desta decisão“. Enquanto isso, o The Sun soltou uma nota onde elogiam a coragem de Amber Heard e se posicionam contra a violência doméstica:

“O The Sun se levantou e fez campanha pelas vítimas de violência doméstica por mais de 20 anos. Vítimas de violência doméstica nunca devem ser silenciadas. Agradecemos ao juiz por sua consideração cuidadosa e agradecemos Amber Heard por sua coragem em prestar depoimento ao tribunal”.

Além do tabloide, os representantes de Amber Heard também comemoraram a decisão: “Para aqueles presentes na corte em Londres, essa decisão não é nenhuma surpresa. Nós estamos comprometidos em buscar justiça para a Amber na Justiça dos EUA e defender seu direito de livre expressão”.

Enquanto o caso se encerra na Inglaterra, Depp ainda move um processo contra Heard nos Estados Unidos. Neste, o ator pede US$50 milhões à atriz, que segundo ele, o difamou em denuncias de abuso doméstico.

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Administrador do Sobre Sagas desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.

Deixe seu comentário